Get Adobe Flash player
Atendimento Online
Sistema de Ensino à Distância
Nossos Projetos
Home Notícias Como lidar com estudantes que cresceram em meio a diversas tecnologias

 

A constante evolução dos produtos digitais acarreta na rápida adaptação dos jovens a um tipo de vida cada vez mais tecnológico. Porém, o intenso entrosamento dos estudantes com a tecnologia ainda não corresponde ao ritmo da educação formal. Para recuperar esse atraso, hoje há discussões em meio à psicologia que dão dicas sobre como essa geração deve ser tratada, quais são suas novas necessidades e seus deveres.

 

 

Psicólogos afirmam que, para lidar com o jovem ligado em tecnologia, é preciso entender um pouco do mundo virtual. É necessário compreender que a posição do jovem na sociedade passou por mudanças: a faixa etária que há 40 anos não tinha grande poder de escolha, hoje é alvo de campanhas publicitárias e forma opiniões, produzindo bons argumentos para a compra, ou não, de grande parte de produtos disponíveis no mercado. Muitas vezes, a aceleração na formação impede ou torna mais difícil aos pais a colocação de limites e responsabilidades. Segundo os psicólogos, muitos dos jovens acabam participando dos problemas pessoais dos pais, o que pode barrar o desenvolvimento como adolescente e criar uma maturidade antecipada, que não deve existir. Redes sociais, televisão, propagandas e outros atrativos para o público de 14 até 18 anos podem influenciar de diversas maneiras em sua formação como adulto. A busca é incessante pela beleza, pele, cabelos e corpo perfeitos, para que sejam aceitos virtual e pessoalmente, já que no universo online, postar fotos e comentários pessoais é praticamente lei entre os jovens antenados, assim como receber comentários positivos eleva a popularidade do então internauta. Para os pais e professores, o acompanhamento da evolução das mídias chamadas “novas” é imprescindível, inclusive para a campanha que visa apoiar o jovem a lutar virtualmente por causas justas e realizar trabalhos de valor por meio da internet. Assim, é possível obter resultados positivos e utilizar o meio virtual em favor da educação e do bom aprendizado, além de estimular a cidadania na adolescência.

Fonte:  http://www.walkshow.com.br/walkshow/materia.asp?c=3727

 
Banner